Fale conosco - Downloads - Notícias
Home
Notícia
<< Voltar

Sustentabilidade na visão das empresas

10/03/2016 em Notícias
Evento de Responsabilidade Social fala da importância de gestores engajados
Da esquerda para direita: Malu Pinto e Paiva, Flávia Ribeiro, Silvina Ramal, Débora Noronha e Antonio Salvador.
A importância de fazer com que os conceitos da sustentabilidade estejam na cultura das empresas foi o tema principal debatido por especialistas reunidos na Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro (AmCham Rio), nesta quinta-feira (10/03). O evento Estratégias de Responsabilidade Social que Trazem Sucesso para as Empresas, patrocinado pelo Ibeu, teve a mediação de Silvina Ramal, presidente do Comitê de Responsabilidade Social Empresarial.


Para obter bons resultados, é importante que haja o envolvimento de um líder. Ou seja, não basta uma equipe de responsabilidade social, é preciso que CEO’s, presidentes e diretores se engajem e façam parte dessa mudança. “Ação colaborativa é a palavra-chave. E é o líder que conduz a empresa para essa ação”, avaliou Flávia Ribeiro, consultora de sustentabilidade da Imagem Corporativa.


Coerência também é essencial. O que a organização diz tem que se refletir nas suas ações e nos seus valores. De acordo com o vice-presidente de gente e sustentabilidade do Grupo Pão de Açúcar, Antonio Salvador, os consumidores estão procurando produtos orgânicos e pesquisando se a sustentabilidade também faz parte da cadeia de produção.


Essa pressão externa se reflete na visão do grupo. “Temos obrigação de ler a sociedade e de dar opções, como os produtos orgânicos e os que contenham menos sódio e açúcar. Também fazemos auditoria nas indústrias nas quais compramos produtos para saber se há trabalho escravo, por exemplo. E há cláusulas de responsabilidade social em nossos contratos.”


Outro tema que está presente na cultura do grupo Pão de Açúcar é a presença de mulheres em papel de liderança e a inclusão de deficientes físicos. “O varejo ainda é muito masculino. Mas é preciso ter a sociedade representada. Precisamos ter mais mulheres diretoras”, disse Salvador.


Diretora de sustentabilidade de relações corporativas da Fibria, Malu Pinto e Paiva explicou como ocorreu a evolução do conceito de sustentabilidade nas empresas. “O mundo está mudando a forma de avaliar os riscos. Hoje, economia, geopolítica, tecnologia, tudo tem a ver com sustentabilidade.” Mas as práticas de sustentabilidade dependem do nível de maturidade das empresas. “A mudança cultural é um processo. Nós temos o desafio do olhar sistêmico e o apoio da liderança é fundamental. É importante também olhar a perspectiva do negócio. Muitos vão aceitar por convicção, outros só por conveniência.”


Já Débora Noronha, gerente técnica de sustentabilidade da Concremat Engenharia, apresentou o projeto “Ferramenta: Práticas de Sustentabilidade”, vencedor da categoria inovação na 11ª edição do Prêmio Brasil Ambiental da AmCham Rio – disponível no Banco de Boas Práticas, publicado pela AmCham Rio.


Ela explicou que a iniciativa teve impacto direto na mobilidade, identificou riscos e oportunidades socioambientais, promoveu ganhos de eficiência e redução de custos. A responsabilidade compartilhada e a sustentabilidade foram implementadas como valor e meta na empresa e o desempenho das ações é medido e avaliado.


Confira as fotos do evento

Banco de boas práticas

Agenda

mantenedores

OURO

PRATA

  • Praça Pio X, 15 / 5º andar – Centro
    CEP: 20040-020 – Rio de Janeiro/RJ
  • + 55 (21) 3213-9200
    Fax: 55 (21) 3213-9201
  • amchamrio@amchamrio.com
Redes AmChamRio
  • COPYRIGHT © 2012.