Fale conosco - Downloads - Notícias
Home
Notícia
<< Voltar

Nasa apresenta programa de ensino digital na AmCham Rio

14/11/2015 em Notícias
Vice-líder do Digital Learning Network da agência espacial americana, Gamaliel Cherry participa de reunião do Comitê de TIC da câmara
Gamaliel Cherry (centro) palestra em reunião do Comitê de TIC da AmCham Rio

Em julho de 1969, a Nasa transmitia ao vivo para todo o mundo o primeiro pouso do homem à Lua. Hoje, 46 anos depois, a agência espacial americana continua apostando no compartilhamento de informações. Um dos exemplos é o programa “NASA Digital Learning Network”. Com mais de 70 mil participantes inscritos, a ferramenta de aprendizado on-line é voltada para dinâmicas de ensino de professores e estudantes sobre assuntos de inovação e tecnologia, afirmou o vice-líder do programa, Gamaliel R. Cherry, durante reunião do Comitê de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), realizada na Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro (AmCham Rio) no dia 13 de novembro.

De acordo com Cherry, 84% dos professores membros do programa afirmaram terem mudado para melhor o modo como ensinam assuntos tecnológicos e científicos a seus alunos. De acordo com ele, os resultados são reflexo da fórmula de comunicação usada pela agência. “Um de nossos maiores objetivos é poder contribuir – mesmo a longa distância – no desenvolvimento educacional de educadores e estudantes por meio da inovação e da tecnologia, fomentando entre todos nós um intercâmbio importante de informações”, apontou Cherry, que também veio ao Brasil para participar da 5ª edição do Congresso Nacional de Inovação, Trabalho e Educação Corporativa (Conitec) no Rio.

O principal meio de distribuição do conteúdo é feito pela internet. Os usuários cadastrados no site podem acessar videoconferências e webcasts gratuitos. “Durante as transmissões, instrutores e engenheiros da Nasa são convidados para falar sobre as novas e antigas descobertas da agência. O nosso desafio é traduzir este conteúdo em uma linguagem que possa ser compreendida por todos os espectadores”, explicou Cherry.

Por ter se mostrado eficaz nos Estados Unidos, o modelo de ensino poderia ser um bom exemplo a ser implementado no Brasil para aumentar a capacitação profissional no país. A afirmação vem da presidente da Associação Nacional de Inovação, Trabalho e Educação Criativa (Anitec), Eleonora Jorge Ricardo. “Temos um desafio grande em descobrir como motivar os professores e aumentar a qualidade da mão de obra dos futuros profissionais. Um programa como este no Brasil poderia ser uma ajuda de peso. As empresas privadas poderiam criar grupos que engajem e apoiem iniciativas de inovação e tecnologia como esta”, disse Eleonora.

Já o presidente do Comitê de TIC da AmCham Rio, Gustavo Moreira, ressaltou que “os reflexos da falta de capacitação tecnológica já estão sendo vistos dentro das empresas, que têm cada vez mais dificuldade de encontrar mão de obra qualificada para projetos que envolvam tecnologia e informação”.
Agenda

mantenedores

OURO

PRATA

  • Praça Pio X, 15 / 5º andar – Centro
    CEP: 20040-020 – Rio de Janeiro/RJ
  • + 55 (21) 3213-9200
    Fax: 55 (21) 3213-9201
  • amchamrio@amchamrio.com
Redes AmChamRio
  • COPYRIGHT © 2012.