Fale conosco - Downloads - Notícias
Home
Notícia
<< Voltar

Brasil firma meta de reduzir em 37% as emissões de gases de efeito estufa

29/09/2015 em Notícias
Compromisso será apresentado pelo governo durante a Conferência do Clima de Paris, em dezembro
Fotografia aérea de uma pequena parte da Amazônia brasileira próxima à Manaus, Amazonas.
O Brasil levará como meta para a Conferência do Clima de Paris a redução em 37% a emissão de gases de efeito estufa até 2025, com projeção de 43% em 2030. O anúncio foi feito pela presidente do Brasil, Dilma Rousseff, durante seu discurso na sessão plenária da Conferência das Nações Unidas para a Agenda do Desenvolvimento Pós-2015, realizada no último domingo (27/9) em Nova York (EUA).

“O Brasil é um dos poucos países em desenvolvimento a assumir uma meta absoluta de redução de emissões. Temos uma das maiores populações e PIB do mundo. Nossas metas são tão ou mais ambiciosas que aquelas dos países desenvolvidos”, afirmou a presidente, apontando o fim do desmatamento ilegal no Brasil e a restauração de 12 milhões de hectares de florestas como caminhos para cumprir o compromisso voluntário.

O aumento do uso de energias renováveis também está nos planos do governo, que deve chegar a 45% da matriz energética. “Note-se que, no mundo, a média é de apenas 13% dessa participação e, na OCDE, de apenas 7%”, frisou Dilma.

A meta brasileira foi recebida com otimismo pela ONG WWF-Brasil. De acordo com o superintendente executivo de políticas públicas e relações externas da organização, Henrique Lian, o compromisso mostra o esforço do País em avançar nas questões climáticas. “Sua real contribuição à metal global deve ser avaliada após a análise mais detida da oferta, sendo importante notar que a Contribuição Nacional Determinada (INDC, em inglês) é o início do processo negocial da COP 21, que será finalizado com a negociação multilateral presencial e que incluirá mecanismos de financiamento e implementação”, comentou Lian.

Por outro lado, o especialista Marcio Santilli criticou a meta brasileira. “Os níveis de emissão atuais estão em torno de 40% abaixo do que estavam em 2005, graças à redução do desmatamento na Amazônia entre 2006 e 2012, o Brasil está se comprometendo apenas com reduções residuais nos próximos 15 anos”, analisou Santilli em artigo para o Instituto Socioambiental.

Incentivar a redução das emissões atmosféricas é um dos objetivos do Prêmio Brasil Ambiental (PBA), realizado pela Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro (AmCham Rio). A iniciativa já reconheceu boas práticas de mais de 60 projetos de empresas no Brasil. Os vencedores da 11ª edição do PBA serão conhecidos na próxima terça-feira (6/10).


Saiba mais

::Prêmio Brasil Ambiental 

:: Cop 21 de Paris

:: WWF-Brasil

:: A meta brasileira é de "ambição zero" - Instituto Socioambiental

Agenda

mantenedores

OURO

PRATA

  • Praça Pio X, 15 / 5º andar – Centro
    CEP: 20040-020 – Rio de Janeiro/RJ
  • + 55 (21) 3213-9200
    Fax: 55 (21) 3213-9201
  • amchamrio@amchamrio.com
Redes AmChamRio
  • COPYRIGHT © 2012.