Fale conosco - Downloads - Notícias
Home
Notícia
<< Voltar

“Precisamos perceber fatores e sintomas que possam levar o quadro depressivo mais adiante”

02/07/2015 em Notícias
Antonio Carlos Worms Till, diretor do Vita Check-up Center, analisa os impactos da depressão no mundo corporativo
Antonio Carlos Worms Till (centro) durante evento sobre depressão na AmCham Rio
Antonio Carlos Worms Till, diretor do Vita Check-up Center, analisa os impactos da depressão no mundo corporativo:

Qual a importância de prevenir a depressão nas empresas?
Antonio Carlos Worms Till: O tema é bem complexo. Como vimos no debate “Depressão: Desafio Contemporâneo, Desafio Corporativo” (http://bit.ly/1LXeqHD), a doença é resultado de muitas circunstâncias. Existem causas que estão relacionadas ao momento de vida, à carga hereditária e às mudanças na vida pessoal ou no trabalho. Precisamos estar atentos para oferecer condições de ouvir as pessoas para que possamos perceber fatores e sintomas que possam levar o quadro depressivo mais adiante.

Qual o impacto da doença no dia a dia dos funcionários?
TILL: A depressão faz parte de um espectro: temos casos leves e graves. Os graves são aqueles que levam ao extremo, como o suicídio. Os leves são aqueles que levam a dependências como o alcoolismo, por exemplo. Por isso é importante fazer uma visita ao médico para ter um diagnóstico e não fugir da esfera clínica. As pessoas podem ser muito favorecidas de uma psicoterapia, que pode ser o bastante para ajudá-las a vencer estes momentos mais depressivos. São medidas que a gente vai fazer analisando caso a caso.

Como lidar com funcionários em depressão?
TILL: Hoje, nós praticamente não falamos mais do departamento de RH e sim de gestão de pessoas. Eles não estão mais lá apenas para contratar, cumprir demissões e admissões, mas também para ouvir. Você precisa conhecer o seu funcionário, estar atento a faltas e atrasos. Se ele foi um ótimo empregado e começou a dar problemas, é importante descobrir as razões desta mudança. Pode ter sido por desmotivação, problemas de saúde na família ou até dificuldades econômicas. Esta sensibilidade é fundamental. Evidentemente, o funcionário de RH não irá dar o diagnóstico, mas, se estiver preparado e orientado a ouvir, irá naturalmente identificar casos e abrir caminhos para um possível tratamento.


Saiba mais:
:: Confira as fotos do evento “Depressão: Desafio Contemporâneo, Desafio Corporativo”
http:// http://bit.ly/1Kv4qbc

:: Estratégias no ambiente corporativo para combater a depressão
http://www.amchamrio.com.br/site-noticia?noticiaSite.id=775
Agenda

mantenedores

OURO

PRATA

  • Praça Pio X, 15 / 5º andar – Centro
    CEP: 20040-020 – Rio de Janeiro/RJ
  • + 55 (21) 3213-9200
    Fax: 55 (21) 3213-9201
  • amchamrio@amchamrio.com
Redes AmChamRio
  • COPYRIGHT © 2012.