Fale conosco - Downloads - Notícias
Home
Notícia
<< Voltar

Brasil e EUA agilizarão entrada de executivos e turistas

30/06/2015 em Notícias
Programa Global Entry, que permite evitar fila de imigração a quem tem ficha pré-aprovada, é um dos pleitos da AmCham Rio
Presidente Dilma Rousseff, durante declaração à imprensa com o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em Washington. Foto: Roberto Stuckert Filho/PR
Os presidentes Dilma Rousseff e Barack Obama anunciaram nesta terça (30 de junho), em Washington, que o Brasil participará do Global Entry, criado para agilizar a entrada de viajantes frequentes nos EUA, mas que ainda não isenta os brasileiros do visto. A medida, que começa a valer no primeiro semestre de 2016, é um dos pleitos da Câmara de Comércio Americana do Rio (AmCham Rio).

"Hoje também agradeço ao presidente Obama porque nós decidimos facilitar a entrada nos EUA de viajantes frequentes do Brasil no âmbito do programa Global Entry", disse Dilma ao portal G1.

Facilitar a entrada de brasileiros nos Estados Unidos, eliminando a necessidade de vistos de negócios e de turismo, e melhorar o ambiente de negócios, são metas do grupo Brazil-U.S. Visa Free Coalition, que defende a inclusão do Brasil não apenas no Global Entry, como também no Visa Waiver Program.

A coalizão foi anunciada, no dia 24 de janeiro, pelo Brazil-U.S. Business Council (BUSBC), organização empresarial administrada pela U.S. Chamber of Commerce, em Washington. A Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro (AmCham Rio) faz parte do grupo e defende essa e outras medidas que melhorem o comércio bilateral.

“Defendemos e apoiamos a construção de uma agenda mais pragmática neste primeiro momento, que contemple, por exemplo, um acordo para o Programa Viajante Seguro, modelado com base no programa americano Global Entry. Esse seria o primeiro passo para a futura inclusão do Brasil no programa americano de isenção de vistos, o Visa Waiver Program. Para alcançar esses objetivos, o País precisa de um plano de ação bem definido, com a participação ativa do setor privado. Nós podemos participar e contribuir com essa discussão”, disse Rafael Motta, presidente da AmCham Rio.

Inicialmente, o Global Entry beneficiará um grupo de executivos brasileiros e americanos e contribuiria para melhorar o ambiente de negócios entre ambos os países.

Mercado é o que não falta. Segundo o Ranking das Multinacionais Brasileiras de 2014, elaborado pela Fundação Dom Cabral, o crescimento do índice médio de internacionalização das multinacionais brasileiras ficou em 22,9%, em 2013. A América do Norte é um dos principais destinos desses empresários, representando 66,7% das operações concentradas fora do Brasil.

Já o Visa Waiver Program acabaria com a necessidade do visto. O Chile, por exemplo, faz parte do grupo de países inseridos no programa americano. De acordo com o último relatório da organização americana Partnership for a New American Economy, publicado em 2014, a participação dos brasileiros geraria aos Estados Unidos US$ 5,57 bilhões (aproximadamente, R$ 15 bilhões) em receitas derivadas do turismo entre 2015 e 2019. A inclusão do Brasil no programa faria com que número de turistas brasileiros nos EUA subisse para 14,3 milhões, fluxo que criaria 36.766 novos empregos relacionados a atividades turísticas.

Saiba mais:

Líderes empresariais do Brasil e dos EUA criam grupo pelo fim do visto de viagem
http://www.amchamrio.com.br/site-noticia?noticiaSite.id=692

Diplomacia para destravar as portas de EUA e Brasil
http://www.amchamrio.com.br/site-noticia?noticiaSite.id=411

Deixai ir, deixai passar
http://www.amchamrio.com.br/site-noticia?noticiaSite.id=521

Leia a revista Brazilian Business
http://www.amchamrio.com.br/site-perfil
Agenda

mantenedores

OURO

PRATA

  • Praça Pio X, 15 / 5º andar – Centro
    CEP: 20040-020 – Rio de Janeiro/RJ
  • + 55 (21) 3213-9200
    Fax: 55 (21) 3213-9201
  • amchamrio@amchamrio.com
Redes AmChamRio
  • COPYRIGHT © 2012.