Fale conosco - Downloads - Notícias
Home
Notícia
<< Voltar

Xerox comemora 50 anos de Brasil

23/06/2015 em Brazilian Business
Empresa, que consta no dicionário como sinônimo de cópia, aposta na inovação
Xeros nos anos 80: empresa ainda é referência em inovação (Divulgação)
Ser original é a marca da empresa que se tornou globalmente conhecida pela fotocópia. A Xerox, que comemora 50 anos de Brasil, em 2015, aposta na inovação. E é muito mais diversificada do que a maioria das pessoas é capaz de imaginar. “Estacionamento para o Estado da Califórnia, registros médicos, Obamacare (sistema de saúde americano que ganho reformado pelo presidente Barack Obama), centrais de call center: a Xerox, um dos mais fortes fabricantes de tecnologia, está por trás disso”, diz Cristiana Lannes, diretora executiva de Marketing e Estratégia.

A criação da máquina de xerox – com xis minúsculo porque o nome da companhia entrou, em 1985, para o Dicionário Aurélio como sinônimo de cópia – é um dos exemplos marcantes da vocação para a inovação. “Chester Carlson trabalhava no escritório de patentes em Nova York e não aceitava a inexistência de uma forma mais fácil de copiar as petições de patentes. Ele, então, inventou a cópia a seco.”

Não por acaso, a Xerox investe pesado em centros de pesquisa. Tem mais de 12 mil patentes ativas e 140 mil colaboradores, em mais de 120 países. No Brasil, a estratégia é ampliar a parcela de negócios com pequenas e médias empresas, que hoje representa cerca de 15%, até chegar a 30% em 2017. Com 2 mil colaboradores no País, a Xerox desenvolve um intenso treinamento para os 260 distribuidores.

É com otimismo, portanto, que a Xerox celebra os 50 anos de Brasil. Haverá comemorações durante todo o ano. Uma história repleta de vitórias, que a Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro (AmCham Rio) acompanhou de perto. Desde o primeiro ano de atividades no País, a companhia é associada da AmCham Rio.

Confira alguns fatos marcantes da empresa:

1965 – O jovem empresário brasileiro Henrique Sergio Gregori, ao ser apresentado a Joseph Wilson, fundador da Xerox Corporation, percebe a grande chance de comercializar copiadoras Xerox no Brasil. Poucos meses depois, no dia 15 de junho de 1965, é constituída a Xerox do Brasil Reproduções Gráficas Ltda., cuja primeira sede foi improvisada em um quarto do antigo Hotel Glória.
1966 – A X-914, primeira copiadora a ser comercializada em território brasileiro, é chamada de “máquina milagrosa”, pois é capaz de copiar com perfeição originais em papel comum, sem uso de trabalhosos processos químicos.
1967 – Sergio Gregori solicita autorização legal para utilização do então inovador processo de xerografia de documentos nos Estados do Rio de Janeiro, de São Paulo, de Minas Gerais e no Distrito Federal.
1970 – Em outubro, é inaugurado o prédio que sedia a matriz, na zona portuária do Rio de Janeiro.
1972 – Iniciando as atividades industriais, a Xerox Brasil começa a fabricar toner e revelador para copiadoras na Metalquímica da Bahia, no Centro Industrial de Aratu – BA (Xnor).
1973 – É inaugurada a Fábrica de Resende – Centro Tecnológico e Industrial, que funciona até hoje como o principal centro de armazenamento e distribuição de produtos Xerox.
1977 – A Xerox inicia uma série de ações voltadas ao treinamento da força de trabalho, entre eles o Programa Menor Aprendiz, para capacitação de menores das comunidades carentes do Rio de Janeiro.
1981 – A Embraer é pioneira na utilização do sistema CAD CAM, para projeto e produção de aeronaves. Com a impressora Xerox Versatec, as informações digitais dos computadores são transformadas em desenhos para a linha de montagem.
1982 – O Brasil comercializa o equipamento Xerox 125, que realiza xeromamografia, capaz de detectar sinais sutis de câncer de mama no exame radiológico.
1982 – A impressora X-9700 é lançada pela Xerox na Feira de Informática e se torna o primeiro equipamento com tecnologia a laser comercializado na América Latina.
1985 – O dicionarista Aurélio Buarque de Holanda registra o novo sentido de xerografia (escrita a seco), além do vocábulo xerocar.
1992 – Impressoras coloridas fazem sucesso no mercado brasileiro e são destaque no estande da Xerox na Comdex 92.
1992 – São criadas soluções inovadoras como multiextrato, nota fiscal a laser e vestibular à prova de fraude.
1992 – A Xerox Brasil é a fornecedora oficial de processamento de documentos da Eco-92.
1994 – A Xerox adota uma nova assinatura e a expressão The Document Company, fortalecendo o novo conceito de empresa líder em processamento de documentos. A nova marca simboliza a presença da empresa tanto no mundo do papel quanto no digital.
2002 – Surgem os primeiros representantes autorizados Xerox. O processo foi iniciado com 11 RAXs e hoje comporta, aproximadamente, 2.500 empresas cadastradas.
2004 – Lançamento da plataforma digital da Xerox no Brasil.
2007 – O Imaging Center, Centro de Impressão e Digitalização, situado em Resende, no Rio de Janeiro, é lançado para a imprensa.
2011 – A matriz da Xerox Brasil, no Rio de Janeiro, transfere as instalações para um prédio mais moderno e com as qualidades necessárias para a nova formulação da empresa, no bairro de Botafogo.
2012 – A empresa empossa Ricardo Karbage, em janeiro de 2012, com a missão de abrir caminho para mais uma era de grandes realizações. Karbage é o primeiro executivo brasileiro a ocupar a posição na última década.
2012 – Com a modernização dos canais sociais e a presença cada vez mais constante de clientes e parceiros nessas mídias, a Xerox Brasil lança a sua primeira página oficial no Facebook, que tem, hoje, mais de 1 milhão de seguidores.


Agenda

mantenedores

OURO

PRATA

  • Praça Pio X, 15 / 5º andar – Centro
    CEP: 20040-020 – Rio de Janeiro/RJ
  • + 55 (21) 3213-9200
    Fax: 55 (21) 3213-9201
  • amchamrio@amchamrio.com
Redes AmChamRio
  • COPYRIGHT © 2012.