Fale conosco - Downloads - Notícias
Home
Notícia
<< Voltar

Alerj debate Inovação tecnológica

10/08/2008 em Telecomunicações e Tecnologia
Na próxima terça o Fórum Permanente de Desenvolvimento Estratégico do Rio vai debater o anteprojeto da Lei antes da votação no plenário; objetivo é aprimorar a proposta para que atenda às necessidades da sociedade e das empresas

A Lei Estadual de Inovação Tecnológica é o tema da audiência pública que vai ser realizada na Alerj, nesta terça-feira (14/10), promovida pelo Fórum Permanente de Desenvolvimento Estratégico do Estado Jornalista Roberto Marinho. O secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Alexandre Cardoso, vai apresentar o anteprojeto e discuti-lo com empresários, acadêmicos, políticos e representantes da sociedade. "É uma oportunidade única de construir a Lei de Inovação Tecnológica do Rio, com a participação direta das instituições que vão poder utilizá-la para obter mais verbas para pesquisa e desenvolvimento", afirma o presidente da Casa e do Fórum, deputado Jorge Picciani.
 
A lei foi criada para promover a interação entre empresas, centros de pesquisa e agências de fomento. Entre os benefícios almejados, destacam-se o estímulo a ambientes especializados e cooperativos de inovação; o apoio ao processo de inovação nas empresas, com criação de incubadoras, parques tecnológicos e centros de pesquisa e desenvolvimento; e o incentivo à participação do inventor independente no processo de inovação.



Entre outras novidades, cria mecanismos e incentivos para que empreendedores recebam financiamento de agências do estado (como a própria Faperj) para aplicar no desenvolvimento de processos ou produtos inovadores, de acordo com as oportunidades e necessidades que ele tenha identificado em seu setor. Isso garante que os projetos executados estejam em sintonia com o mercado e com o contexto econômico. 
 
Para incentivar também a inovação na administração pública, órgãos estatais poderão contratar empresas e centros de pesquisa para desenvolver produtos, novos processos ou encampar projetos que envolvam risco tecnológico. Reconhecendo que atividades de inovação incluem certo risco, a lei também autoriza salvaguardas para casos em que os resultados obtidos sejam diferentes dos esperados inicialmente.




A Alerj fica na rua Primeiro de Março,s/n° - Praça XV - Centro

Agenda

mantenedores

OURO

PRATA

  • Praça Pio X, 15 / 5º andar – Centro
    CEP: 20040-020 – Rio de Janeiro/RJ
  • + 55 (21) 3213-9200
    Fax: 55 (21) 3213-9201
  • amchamrio@amchamrio.com
Redes AmChamRio
  • COPYRIGHT © 2012.