Fale conosco - Downloads - Notícias
Home
Notícia
<< Voltar

Doenças cardíacas são tema do primeiro dia de Semana de Medicina Preventiva

05/05/2015 em Notícias
Vícios como o tabagismo e o sedentarismo ainda são os principais "vilões" do coração, afirmam especialistas
Da esquerda para a direita, os doutores Galileu Assis, Eduardo Saad, Pietro Novellino e Gilberto Ururahy (Divulgação)
De 1990 até 2020, a expectativa é de um aumento de 60% no quadro de doenças cardiovasculares nos países desenvolvidos e de 110% nas nações em desenvolvimento. Estes e outros dados alarmantes foram apresentados pelo cardiologista Eduardo Saad durante sua palestra na I Semana de Medicina Preventiva da Med-Rio, realizada dia 4 de maio na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, com o apio da Câmara de Comércio Americana do Rio (AmCham Rio).

A principal das doenças é a arteriosclerose, um problema de progressão lenta e que, justamente por isso, pode ser prevenido. A grande questão é a falta da cultura sobre a prevenção. Saad falou sobre infarto agudo do miocárdio e arritmias cardíacas para uma platéia de médicos das mais diversas especialidades. Ele reforçou que as formações das primeiras placas de gordura começam muitas vezes ainda na infância e podem levar anos até provocarem um infarto ou uma isquemia aguda. "Quanto maior o Índice de Massa Corporal (IMC) de um paciente, maior a possibilidade de problemas no coração", afirma Saad.

Ainda de acordo com o cardiologista, o combate de outros fatores de risco como o tabagismo, o sedentarismo, o estresse e a diabete são importantes para a saúde do coração. "Parar de fumar tarde é melhor do que nunca parar", afirmou o médico baseado em dados de um estudo americano que mostra o benefício mesmo que tardio da suspensão do fumo. Pacientes que cortaram este hábito depois dos 60 anos de idade têm, depois de cinco anos, uma redução de 10% na mortalidade.

O evento foi aberto pelo doutor Pietro Novellino, presidente da Academia Nacional de Medicina, que ressaltou a importância da prevenção como medida fundamental para a melhora da qualidade de vida da população. "Essa é uma questão de educação, algo que deve começar ainda no ventre", afirma Novellino.

Confira a programação completa: http://bit.ly/1PggwWi
Agenda

mantenedores

OURO

PRATA

  • Praça Pio X, 15 / 5º andar – Centro
    CEP: 20040-020 – Rio de Janeiro/RJ
  • + 55 (21) 3213-9200
    Fax: 55 (21) 3213-9201
  • amchamrio@amchamrio.com
Redes AmChamRio
  • COPYRIGHT © 2012.