Fale conosco - Downloads - Notícias
Home
Notícia
<< Voltar

Rio é porta de entrada no Brasil de turistas

12/09/2013 em ENTRETENIMENTO
Presidente da Federação de Convention & Visitors Bureaux do Estado do Rio de janeiro (FC&VB-RJ), Marco Antonio Navega, falou aos membros do comitê de Entretenimento, Esportes e Cultura da AmCham Rio sobre os legados dos eventos esportivos para o Estado
O Rio de Janeiro é a porta de entrada de visitantes ao Brasil. A conclusão é da pesquisa realizada pela Embratur, com cerca de 500 entrevistados, que constatou que 60% dos turistas que estiveram no País durante a Copa das Confederações visitaram o Estado. Os números foram apresentados pelo presidente da Federação de Convention & Visitors Bureaux do Estado do Rio de janeiro (FC&VB-RJ), Marco Antonio Navega, aos membros do comitê de Entretenimento, Esportes e Cultura, da Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (12).

Para Navega, o turismo deve ser adotado como um fator de desenvolvimento sócio econômico do Estado, com resultados projetados no longo prazo e que permaneçam após os grandes eventos esportivos. O executivo defende que os investimentos que estão sendo feitos no setor hoteleiro para atender as demandas da Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada, sejam planejados de forma estratégica.
O executivo acredita que uma das prioridades do setor é investir na promoção do Rio de Janeiro para o exterior, garantindo a atração de turistas para a cidade após 2016. “Estão sendo construídos 3 mil quartos de hotel no Rio de Janeiro, mas precisamos manter o fluxo de turistas após os grandes eventos”.

Para a outra convidada do evento, a diretora-executiva do Festival do Rio, Walkíria Barbosa, o turismo no Rio de Janeiro conta com um grande aliado, o entretenimento. Segundo ela, essa indústria colabora para o crescimento da visibilidade do Estado e pode promovê-lo para o Brasil e para o exterior, atraindo mais visitantes. “Quem vende o País é o entretenimento. Quando os filmes produzidos no Rio são exibidos no exterior, é a cidade que está sendo vista”.

Walkíria também falou sobre os altos preços das hospedagens praticados atualmente no Rio de Janeiro. Para ela, os valores elevados em função da Copa e da Olimpíada estão onerando os eventos que são produzidos anualmente no Brasil, como o próprio festival. “Só seremos um país de primeiro mundo quando tivermos uma visão holística e estratégica de todos os segmentos que impactam a economia”, defendeu.

A próxima edição do Festival do Rio acontecerá entre os dias 26 de setembro e 10 de outubro, no Rio de Janeiro. Além da exibição de filmes, o evento promove o RioMarket, que reúne executivos, diretores, técnicos e roteiristas da indústria audiovisual de todo o mundo. “É uma grande oportunidade para negociarem produções futuras e discutirem como desenvolver, produzir e comercializar novos filmes, da ideia inicial à exibição”, conta Walkíria.
Agenda

mantenedores

OURO

PRATA

  • Praça Pio X, 15 / 5º andar – Centro
    CEP: 20040-020 – Rio de Janeiro/RJ
  • + 55 (21) 3213-9200
    Fax: 55 (21) 3213-9201
  • amchamrio@amchamrio.com
Redes AmChamRio
  • COPYRIGHT © 2012.