Fale conosco - Downloads - Notícias
Home
Notícia
<< Voltar

Henrique Rzezinski deixa presidência da Amcham Rio

05/04/2013 em Amcham Rio
Nesta sexta-feira, 5 de abril, Henrique Rzezinski, que presidiu a Amcham Rio nos últimos dois anos, passará hoje o cargo para Roberto Ramos, em cerimônia no MAM.
Henrique Rzezinski (à dir.), deixa hoje a presidência da Amcham Rio, cargo que será assumido por Roberto Ramos
O presidente da Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro, Henrique Rzezinski, está deixando o cargo após dois anos liderando a instituição. Nesta sexta-feira, dia 5 de abril, Rzezinski passará o cargo para Roberto Ramos, presidente da Odebrecht Óleo e Gás, em cerimônia de posse que será realizada no começo desta tarde, no MAM. Rzezinski falou sobre sua atuação à frente da instituição neste biênio, as contribuições de sua gestão e o que ainda precisa conquistado.

Como o senhor avalia a sua passagem pela presidência da Amcham Rio?

Quando assumi a presidência, a Amcham Rio tinha acabado de enfrentar um período de saneamento das contas e estava novamente estável financeiramente, trabalho conquistado pelo empenho da gestão anterior, liderada pelo meu antecessor, Robson Barreto. Esse cenário nos possibilitou avançar na reformulação da Câmara, física e conceitualmente. Primeiro, elaboramos um plano para entender quais os passos a seguir para escrever a história de futuro da Amcham Rio. Reformamos a nossa sede, no Centro da cidade, reorganizamos a equipe interna e repensamos todo o nosso portfólio de produtos e serviços, inclusive percebendo a nossa urgência de adentrar no território digital e criar mecanismos de relacionamento via internet. O Amcham Rio Digital nos dará elementos para incrementar o networking entre os associados, com a criação de um novo portal, uma rede corporativa de relacionamento exclusiva e um aplicativo para mobile. Acredito que demarcamos um norte para a instituição, mas o trabalho do diretor superintendente, Helio Blak, junto com toda a equipe, foi muito importante.

Quais os legados que sua gestão deixa para o seu sucessor?

Há elementos que precisam ser aprofundados e certamente o Roberto Ramos saberá dar continuidade a esses projetos de uma maneira ainda mais eficaz. Elencaria dois momentos cruciais para avançarmos nos próximos dois anos. O primeiro seria detalhar ainda mais o nosso planejamento estratégico, que traz os fundamentos e diretrizes a serem focados no futuro e, dessa forma, visualizaremos as linhas principais que norteiam a Amcham Rio. Esse é um instrumento importante, que certamente é um ponto de partida em termos de estratégia. O outro ponto é o plano de marketing, no qual nos debruçamos durante seis meses, em 2012, que é um instrumento extremamente rico em termos de identidade, uma bússola, pois nos ajuda a perceber nossa missão, o trabalho a desempenhar e os serviços a serem oferecidos, e nos conecta com os nossos sócios, criando condições para melhor atendê-los.

Como o senhor analisa o trabalho dos comitês no último ano?

A Câmara é estruturada a partir do trabalho de seus comitês. Nesse sentido, nós avançamos muito em alguns aspectos. Ainda temos muito para caminhar, mas de qualquer forma os comitês hoje estão muito mais inseridos dentro dessa visão estratégica global e esse é um trabalho a ser perseguido no futuro.

Quais serão os desafios encontrados pelo próximo presidente?

Há dois conceitos dentro dessa visão estratégica que considero importantes. A Câmara de Comércio Americana do Rio sempre foi vista como uma instituição formadora de opinião e como um participante muito importante dentro do cenário brasileiro e nas relações internacionais. Gradativamente, nós temos que consolidar cada vez mais essa visão de que a Amcham Rio é uma caixa de ressonância importante do pensamento cultural e econômico, e em várias dimensões. A Câmara tem uma história que precisa não só ser preservada, mas também resgatada. Esse é um aspecto fundamental e a Amcham Rio estará sob uma liderança que tem todas as condições de alcançar isso.

Especificamente nas relações com os Estados Unidos, a Câmara também tem uma função extremamente importante. Nós temos que ser participantes ativos como representantes do setor privado e, por isso, precisamos colocar nossa voz de maneira densa para estreitar ainda mais a relação com os EUA. Optamos por uma aproximação grande com a U.S. Chamber e o Consulados dos EUA com os quais temos um diálogo importante. Outro aspecto importante é nosso centenário, que será comemorado em 2016, e certamente será alvo de muito trabalho para o Roberto. Teremos ainda muitas realizações para ampliar a contribuição da Amcham Rio para a história do Estado e País.
Agenda

mantenedores

OURO

PRATA

  • Praça Pio X, 15 / 5º andar – Centro
    CEP: 20040-020 – Rio de Janeiro/RJ
  • + 55 (21) 3213-9200
    Fax: 55 (21) 3213-9201
  • amchamrio@amchamrio.com
Redes AmChamRio
  • COPYRIGHT © 2012.