Fale conosco - Downloads - Notícias
Home
Notícia
<< Voltar

Gerenciamento de crise nas empresas reúne especialistas em debate na Amcham

em Marketing e Vendas
As diretoras de comunicação da CEG, Fernanda Amaral, e a diretora de Atendimento da agência de comunicação In Press Porter Novelli, Jacqueline Breitinger, palestrantes do evento “Gerenciamento de Crise no planejamento estratégico das empresas”.



Qualquer empresa está suscetível a uma crise e a melhor forma de enfrentá-la é estar previamente preparada. Considerar esta possibilidade e envolver as várias áreas da empresa para conduzir uma crise de forma ordenada são os caminhos apontados pelas diretoras de comunicação da CEG, Fernanda Amaral, e a diretora de Atendimento da agência de comunicação In Press Porter Novelli, Jacqueline Breitinger, palestrantes do evento “Gerenciamento de Crise no planejamento estratégico das empresas”, organizado pela Câmara de Comércio Americana do Rio de Janeiro (Amcham Rio).



Estabelecer fluxos de comunicação, definir papéis e responsabilidades dentro da empresa, criar e reforçar relacionamentos, definir as potenciais crises e identificar e treinar porta-vozes são alguns dos principais pontos do planejamento estratégico elencados para gerenciar apropriadamente crises nas empresas. Este foi o tema do café da manhã, realizado nesta quarta-feira, 30 de maio, por meio de seu comitê de Marketing, no auditório da Amcham Rio, no Centro da cidade. O chairperson do comitê, Noel De Simone, chamou atenção para o primeiro evento do comitê realizado no novo espaço de eventos da instituição. “O tema deste evento foi escolhido por unanimidade pelo grupo dada a importância deste assunto para a boa gestão das companhias”, afirmou.



“Nenhuma empresa está imune à crise. Por isso, este gerenciamento deve estar muito bem inserido dentro do planejamento estratégico das empresas”, colocou a diretora de atendimento da agência In Press Porter Novelli, Jacqueline Breitinger, que citou como exemplo uma grande corporação transnacional muito antiga que atua em todas as partes do mundo e com fundadores de reputação ilibada que é a Igreja Católica. “Já teve um CEO baleado em praça pública, diversos executivos foram acusados de abuso sexual e ela está em um mercado extremamente competitivo na busca de clientes. Isso mostra que ninguém está imune”, acrescentou.



Segundo ela, este momento sempre gera muita emoção e fragilidade, principalmente nos dias de hoje onde as mídias eletrônicas e, principalmente, as redes sociais dão um impacto maior e com muito mais velocidade aos momentos de crise e nem sempre se está preparado para isso. “As empresas devem estar estruturadas para uma rápida resposta, que seja transparente e verdadeira, mesmo que não se tenha toda a informação concreta num primeiro momento. O importante é mostrar que há um comprometimento na reversão do quadro”, destacou.



A diretora de comunicação da CEG, Fernanda Amaral, faz coro a Jacqueline no que diz respeito à agilidade e transparência da informação no momento de crise. Segundo ela, sua equipe, que conta com uma emergência 24 horas e sete dias na semana, está sempre a postos e citou alguns incidentes ocorridos, como o desabamento de três prédios no Centro do Rio no último dia 25 de janeiro. “Mesmo sem saber as causas do acidente, encaminhamos uma equipe e emitimos uma nota aos meios de comunicação de que estava sendo verificada a possibilidade de vazamento de gás no episódio, o que acabou não se concretizando”, disse, destacando que este canal com a mídia é primordial para que a empresa tenha um bom relacionamento no dia-a-dia. “Porém, não se pode procurar a mídia só nos momentos de crise. Criar a cultura é muito mais importante do que controlar a crise”, disse.

Agenda

mantenedores

OURO

PRATA

  • Praça Pio X, 15 / 5º andar – Centro
    CEP: 20040-020 – Rio de Janeiro/RJ
  • + 55 (21) 3213-9200
    Fax: 55 (21) 3213-9201
  • amchamrio@amchamrio.com
Redes AmChamRio
  • COPYRIGHT © 2012.